10 de fev de 2010

Ah... o silêncio!

- por Karol Felicio


A gente dorme com fome, come com culpa, vive com pressa, cala com mágoa. A gente deixa passar. Mesmo se a dor não passa.
Ah, o silêncio! Esse bichinho de mãos grandes que abre um buraco entre nós e vai esgarçando o pano enquanto vive. Enquanto a gente morre.

2 comentários:

Anônimo disse...

Karol, creio que escrever poesia ou textos de assuntos diversos seja um dom, mas, se não for explorado ele pode desaparecer ou apenas não desabrochar.

Você é uma poetisa e disso agora eu sei.

Grande beijo,

Anselmo Tabosa elfino

Celine disse...

A gente sorri sem achar graça. E acontece que esse sorriso encanta.

Beijos, flor. Não fique calada por aqui, nao.