17 de jul de 2009

O buraco

Google Images

- por Karol Felicio

Eu cavei um poço na minha cabeça. É para lá que empurro meus pensamentos e caio. Até que a água do fundo vaze pelos cantos dos meus olhos.

Eu crio imagens, jogo de cenas. Vivo num cinema de uma só cadeira assistindo a trailers intermináveis que eu mesma crio para me fazer chorar. Eu não acredito em final feliz.

[Meus pensamentos são uma arma, apontada para a minha própria cara, prestes a disparar]

2 de jul de 2009

Coisa de Costume






- por Karol Felicio

Ninguém pode só florir
E espero que você entenda
Que os sorrisos às vezes gastam
E só voltam quando querem
A qualquer amanhecer

Não que seja desesperador
- Mas é de esperar -
Um instante até que a janela abra
Até que ela desabroche
Para morrer mais uma vez